PTDC 2021 | Aprovação de projeto sobre mecanismos moleculares de regulação dos “genes de parasitismo” no Nemátode da Madeira do Pinheiro

Ago 4, 2021

É com imensa satisfação que o MED anuncia que a Investigadora Margarida Espada, do NemaLab, viu aprovada a sua proposta ao Concurso Projetos em Todos os Domínios Científicos (PTDC) 2021, promovido pela FCT.

A proposta vencedora NemaWAARS, intitulada “A motif to unveil mechanisms of parasitism gene regulation in the pinewood nematode as a target for disease control and plant resistance“, conta com a cocoordenação do Investigador Manuel Mota, e com a consultoria e colaboração do Dr. Paulo Vieira, da Virginia Tech (EUA), e do Dr. Sebastian Eves-van den Akker, da Universidade de Cambridge (Reino Unido). Em termos institucionais, a proposta tem como entidade parceira o Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P. (INIAV).

Com esta proposta, Margarida Espada, pretende compreender de que forma o parasitismo é regulado, na interação entre o nemátode endoparasita (Nemátode da Madeira do Pinheiro, NMP) e a planta hospedeira (Pinheiro-Bravo). O objetivo principal do projeto é a identificação de elementos reguladores de expressão associados aos “genes de parasitismo” do nemátode, e compreender o impacto da sua disrupção na função dos diversos genes e, consequentemente, no sucesso do parasita.

A estratégia do projeto NemaWAARS irá incluir abordagens inovadoras como: enCHIP-CRISPR, trancriptómica, proteómica e silenciamento por RNA de interferência. Esta proposta surge após uma descoberta surpreendente associada aos “genes de parasitismo” do NMP, suportada por dados publicados no genoma e transcriptoma, e a recente descoberta de um motif de DNA, STATAWAARS (1), associado à região promotora dos “genes de parasitismo”. Pretende-se obter os fatores de transcrição que se ligam aos promotores, e que, uma vez bloqueados, poderão revelar novas oportunidades para desenvolver estratégias de controlo. Os resultados esperados poderão ainda vir a beneficiar o controlo de outros nemátodes fitoparasitas, com estratégias de parasitismo semelhantes, e cuja atividade resulte em danos para importantes culturas agrícolas.

O projeto reúne uma equipa de investigação nacional multidisciplinar pertencente à Universidade de Évora e INIAV-Oeiras, e colaboradores internacionais, na USDA-Washington e na Universidade de Cambridge. NemaWAARS irá contribuir com novas estratégias e dados que poderão ser atrativos para a indústria, capazes de desenvolver novas (e alternativas) estratégias de controlo de nemátodes fitoparasitas, nos sistemas agro-florestais.

(1) Espada et al., 2018, BMC Genomics