Destaque à investigação de Fátima Duarte, coordenadora do pólo MED-CEBAL

Fev 1, 2021

“Quem tem um cardo é um felizardo!” – Fátima Duarte, investigadora do MED e coordenadora do pólo MED-CEBAL, e o seu trabalho sobre o cardo e a sua valorização integrada, em destaque nas ‘Histórias com Valor’ da última NEWS PT2020.

Foi há cerca de dez anos que Fátima Duarte aceitou o desafio do Centro de Biotecnologia Agrícola e Agroalimentar do Alentejo (CEBAL), que lhe permitia cruzar os seus conhecimentos de um Doutoramento em Ciências da Saúde com os da investigação das plantas da região.

Cedo percebeu, como era aliás historicamente documentado, que a planta do cardo tinha propriedades medicinais promissoras. Da curiosidade passou à decisão de se concentrar na investigação desta planta.

À medida que ia estudando, percebeu “o potencial químico gigante desta planta, ainda inexplorado”, revela Fátima Duarte, investigadora principal do grupo dos Compostos Bioactivos do CEBAL, doutorada em Ciências da Saúde pela Universidade do Minho, em colaboração com o Maine Medical Center Research Institute, USA.