Colóquio AFLOSOR | A AGRICULTURA NO ALENTEJO E A INTERIORIDADE – Asfixia ou Imensidão?

Jun 23, 2022

A AFLOSOR – Associação de Produtores Agroflorestais da Região de Ponte de Sor, organiza no próximo dia 8 de Julho – Dia da Cidade, no Teatro-cinema de Ponte de Sor, o Colóquio | A Agricultura no Alentejo e a Interioridade – Asfixia ou Imensidão?, que antecede a VIII Feira Agroflorestal de Ponte de Sor.

O evento terá lugar no pelas 14h no TEATRO CINEMA DE PONTE DE SOR. Garanta já a sua participação: https://coloquioaagriculturanoalentejoeainterioridade.eventbrite.pt

Antecedendo à inauguração da VIII Feira Agroflorestal, e sempre em paralelo com as Festas da Cidade, o colóquio tem como objetivo principal debater as complexas questões inerentes à interioridade, com particular foco no Alentejo, nas pessoas e em especial nos que desenvolvem nesta região as suas atividades agrícola e agroflorestal.

Temas como – as perspetivas do agricultor e do gestor agroflorestalo salto do agro para o agroindustriala questão verde; as vulnerabilidades ao impacto de um clima em rápida mudança; o Alto Alentejo, o futuro agrícola e as políticas no interior; entre outros de enorme relevância – serão abordados por um painel de oradores com voz ativa no espectro político e socioeconómico português:

  • António Paula Soares, Empresário Agrícola;
  • Henrique Silvestre Ferreira, Empresário Agrícola e Agroindustrial;
  • Cecília Meireles, Jurista;
  • José Manuel Calado, Diretor Regional de Agricultura do Alentejo;
  • Hugo Hilário, Presidente da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo.

Caberá ao Presidente da AFLOSOR, João Goes e à Vereadora do associativismo, saúde, ambiente e cultura da Câmara Municipal de Ponte de Sor, Alda Falca, as honras da abertura do evento.

A organização do evento considera que no contexto atual, debater e partilhar conhecimentos devidamente fundamentados sobre qualquer um dos temas abordados, apresenta-se como o modelo mais adequado, para desencadear soluções que possam acrescentar valor prático num curto médio prazo, e apontar novos caminhos para o futuro dos diversos setores impactados.