Aves e o seu potencial no controlo de pragas na vinha

Mar 22, 2021

Investigação da equipa do LabOr – Laboratório de Ornitologia, coordenada por Rui Lourenço, vice-diretor do MED, em destaque numa reportagem do Jornal da Uma, na TVI.

O estudo em causa, para além de reafirmar o papel relevante das aves no controlo de pragas na vinha, revela a importância da dimensão das parcelas e da heterogeneidade da paisagem envolvente na modulação do potencial de biocontrolo.

“Vinhas de pequena dimensão rodeadas por paisagens heterogéneas estão potencialmente mais protegidas de pragas de insetos porque promovem uma maior diversidade funcional de aves. A heterogeneidade da paisagem junto às vinhas pode ser alcançada através da conservação de habitats ripícolas, sebes naturais, árvores, muros de pedra e edifícios rurais.”

Mais detalhes sobre o estudo em: https://lnkd.in/ewqYDeV

Rever a reportagem em: https://lnkd.in/esDXfMs