Redes Internacionais com participação MED

UNIMED: União das Universidades do Mediterrâneo

O objetivo da UNIMED é desenvolver investigação e educação universitária na área Euro-Mediterrânea, a fim de contribuir para a cooperação científica, cultural, social e económica.
Esta rede tem 140 membros de 23 países nas duas margens do Mediterrâneo.

Investigadora responsável no MED

Teresa Pinto Correia

“Food and Water” UNIMED sub-network

Criada por iniciativa da Universidade Évora, o objetivo desta sub-rede é dar apoio à coesão socioeconómica existente na região do Mediterrâneo, de forma a promover, por um lado, a cooperação transfronteiriça, transnacional e inter-regional e, por outro, o desenvolvimento sustentável local ligado à água e à produção de alimentos.
Esta sub-rede é constituída por 40 membros de 15 países pertencentes à região mediterrânica.

Investigadores responsáveis no MED

Marta Laranjo; Teresa Pinto Correia ; Gottlieb Basch

RIBOLIVA

A RIBOLIVA foi criada de forma a coordenar as atividades de ensino ao nível da pós-graduação, investigação, desenvolvimento tecnológico, transferência de resultados e inovação de gestão relacionadas com olivais e azeites. Tem 6 membros de 6 países Ibero-americanos.

Investigadora responsável no MED

Raquel Garcia

EURAGRI: Iniciativa Europeia de Investigação Agrícola

A EURAGRI é um consórcio público europeu das principais organizações de investigação e inovação que trabalham na agricultura, nos setores alimentar, florestal e marinho. Fornece um fórum e uma rede de discussão e reflexão sobre pesquisa estratégica e temáticas inovadoras. Esta rede tem 20 membros de diferentes países europeus.

Investigador responsável no MED

Gottlieb Basch

Rede Global de Sistemas Silvopastoris

A Rede Global de Sistemas Silvopastoris tem o objetivo de promover o fortalecimento e a expansão do SSP em todo o mundo, criando uma plataforma para facilitar o intercâmbio de conhecimentos, melhores práticas e experiências relacionadas com a integração do gado em ambientes com árvores e florestas. Esta rede conta com 107 membros de 29 países a nível mundial.

Investigadoras responsáveis no MED

Elvira Sales Baptista; Isabel Ferraz de Oliveira;

FABRE – TP: Farm Animal Breeding and Reproduction Technology Platform

A FABRE TP é uma plataforma de empresas ligadas à genética e à reprodução animal e de Instituições (Universidades e Institutos de Investigação), com membros localizados em toda a Europa. Fornece enquadramento para os “stakeholders” definirem prioridades de investigação e planos de ação para o setor da produção e reprodução animal, a fim de alcançar o crescimento, a competitividade e a sustentabilidade na EU, através da investigação e de avanços tecnológicos de médio e longo prazo.

Investigador responsável no MED

Rui Charneca

Rede ECOGRAM (Programa Cyted) – Red Iberoamericana para la Mejora Productiva de Sistemas Silvopastorales Mediante la Utilización de Sistemas Ciberfísicos

O EcoGram é uma rede CYTED, composta por 11 países, que têm como principal objetivo a implementação de práticas inovadoras de gestão de sistemas silvopastoris e pecuária extensiva, baseada em Tecnologias da Informação e Comunicação, ou seja, um aplicativo móvel onde as imagens recebidas serão analisadas para vinculá-las a variáveis biofísicas.

Investigadora responsável no MED

Elvira Sales Baptista

HUB4AGRI – Digital Innovation Hub for Agriculture

O HUB Inovação Digital para a Agricultura em Portugal (HUB4AGRI), é uma iniciativa baseada numa rede de cooperação multisectorial, que visa promover a sustentabilidade e competitividade das empresas da cadeia de valor agro-alimentar, através da digitalização e transformação digital, colocando à disposição de todas as empresas as ferramentas e serviços necessários.

Investigadora responsável no MED

Fátima Baptista

SYSTEMIC – Knowledge Hub in Food Nutrition and Security

O objectivo do projecto SYSTEMIC é implementar estratégias adaptativas para uma produção alimentar sustentável, consumo e saúde pública, abordando o impacto diverso das alterações climáticas na qualidade nutricional e composição dos alimentos e na consequente perceção e comportamento do consumidor, definindo normas para alcançar a segurança alimentar e nutricional. O projecto visa abordar os desafios dos impactos das alterações climáticas nos sistemas alimentares e encorajar dietas saudáveis e ambientalmente sustentáveis.

Investigadora responsável no MED

Elsa Lamy